Compliance Jurídico

Você sabe a importância de um sistema jurídico customizável?

18 de Janeiro de 2016 | por Equipe Benner

Uma situação corriqueira na área de Tecnologia da Informação (TI) das empresas é receber solicitações de melhoria nos sistemas utilizados pelas áreas de negócio. Pode ser um novo ponto de controle ou um relatório importante para gestão estratégica, o que importa é que o usuário estará aguardando a solução para sua demanda. Para a área de TI essas solicitações muitas vezes trazem dor de cabeça, porque nem todos os sistemas oferecem a flexibilidade e possibilidade de configuração e customização para tratar essas demandas. E mesmo buscando ajuda junto ao fornecedor, a resposta muitas vezes não é animadora.

Você e seu time já receberam solicitações desse tipo da área jurídica da sua empresa? E já se viram de mãos atadas para atendê-las? Isso é porque o sistema jurídico que sua empresa utiliza não é flexível o bastante, nem customizável. Então, é importante saber que já existe solução para esse caso.

Um software de gestão para a área jurídica que seja flexível e customizável facilita a automação de processos, dá autonomia e ajuda na melhoria dos processos e adaptação às novas necessidades do negócio.

Exemplo 1:

Até o ano passado, as minutas dos contratos deveriam passar por duas alçadas de aprovação - gestores da área jurídica e da área de negócio envolvida. Neste ano, a empresa fez uma mudança nesse processo, e as minutas devem ser avaliadas também pelo CEO (Chief Executive Officer) da empresa. Um sistema jurídico que ofereça workflow amigável, de fácil customização, permitirá que essa nova etapa seja facilmente incluída no processo em questão. Já uma ferramenta menos atualizada, com alçadas fixas, vai dificultar bastante essa simples adaptação!

Exemplo 2:

O departamento jurídico da sua empresa trabalha com escritórios credenciados, e o controle de pagamentos desses atendimentos era feito apenas pelo time do jurídico. Agora, um profissional da área financeira também deverá validar os valores, para fins de controle do orçamento da empresa. Para isso, ele deve receber uma notificação com informações de cada valor a ser pago e para qual escritório, para conferência da provisão desses valores no budget da companhia e autorização de envio ao Contas a Pagar. Um sistema integrado permite que essa demanda de customização dos processos de trabalho, com configuração de papéis envolvidos e prazos para realização das atividades, seja facilmente atendida!

Em empresas onde a operação é descentralizada, integrar e controlar os processos jurídicos e facilitar o trabalho com dezenas de escritórios conveniados certamente exige, tanto do departamento jurídico quanto da área de TI que o apoia, ainda mais agilidade e o menor tempo de resposta possível para esse tipo de demanda.

A tecnologia e os conceitos de workflow aplicados ao sistema jurídico tornam a aplicação amigável e flexível e otimizam e dão dinamismo à área. Também consomem menos tempo do setor de TI e diminuem possível rusgas causadas por dificuldade no atendimento das demandas. E além de tudo isso, ainda trazem segurança, produtividade e agilidade à gestão da área.

 

Melhor o desempenho do departamento jurídico da sau empresa. Baixe ebook grátis e saiba mais.

Comente