• Vendas +55 (11) 2109.8500
  • Solicite contato
  • Suporte
    ERP Corporativo (47) 3321-1330
    Logística TMS (47) 3321-1301
    Logística WMS (47) 3321-1311
    Turismo (47) 3321-1332
    Jurídico (47) 3321-1326
    RH (47) 3321-1340
    Saúde (44) 2101-0800
  • Área do cliente
  • Área do colaborador
Recursos Humanos

Você ainda acha que pode ser RH estratégico sem transformação digital?

6 de Setembro de 2018 | por Equipe Benner

Você viu recentemente aqui no blog que, sobre a importância do papel do RH estratégico nas empresas, e como a transformação digital no RH é crucial para tornar esse objetivo possível. E um passo muito importante sobre o qual também falamos aqui, é a mudança de mindset. O mercado todo mudou, o perfil das pessoas em relação a conectividade e tecnologia é outro. E a transformação digital no RH passa essencialmente por entender isso.

O Portal Varejo publicou que 47% dos consumidores pesquisam na internet antes de fazer uma compra. Qual a relação do RH com isso? Ora, esses “consumidores” são seus funcionários, seus pares e superiores, e principalmente, os clientes da sua empresa.

Por isso, tornar-se um RH estratégico sem tecnologia não será possível. E se aproximar do time de TI (Tecnologia da Informação) da sua empresa precisa fazer parte dos seus passos em direção ao RH digital e estratégico!

 Porque o RH estratégico deve estar próximo da TI

Quando você pensa em soluções em nuvem, Big Data, Inteligência Artificial, entre outros temas tecnológicos, você logo pensa que isso é assunto da TI? Pois isso está mudando. A área de TI também tem sofrido exigências para se aproximar das áreas de negócio, assim como estas estão sentindo a necessidade de conhecer as tecnologias, mesmo que não à fundo, para entender a aplicabilidade no seu setor.

Claro que a TI continua responsável por fornecer a infraestrutura necessária para a transformação digital. Um estudo realizado pelas empresas Dell EMC e Intel, para identificar como está a infraestrutura de TI das companhias no Brasil, revelou que, de 0 a 100, a infraestrutura das companhias instaladas no país atingiram uma média de apenas 43,7 pontos.

Nessa pesquisa, um dos aspectos avaliados foi Processos Internos e Cultura, que resultou em 55,2 pontos. É possível relacionar este fato ao mindset de crescimento e pode ser considerado como uma confirmação de que o RH precisa estar próximo da TI, para ajudar a transformação digital da empresa.

Além disso, posições e tarefas também estão sendo transformadas e são aprimoradas pela tecnologia. O RH estratégico tem aqui um papel fundamental para orquestrar o redesenho dos cargos e promover a capacitação da mão de obra.

O segundo ponto é que, com a pontuação apresentada - apenas 43,7 de 100 - constata-se que a situação das empresas rumo à transformação digital ainda precisa ser muito melhorada. A implementação dos recursos tecnológicos em parceria entre área de negócios e TI é crucial para uma gestão eficiente e assertiva. A escolha das ferramentas certas tecnológicas é um fator de sucesso e deve ser uma decisão sob a ótica de Tecnologia e de RH

Transformação digital no RH: passos além da tecnologia

O relatório 2017 State of Digital Transformation, da Altimeter, em português "escassa alfabetização digital" mostra que que as organizações estão investindo em tecnologias inovadoras, mas mesmo assim, a maioria está atrasada devido à essa escassez de conhecimento.

Ego e medo também são apontados no relatório como principais obstáculos para a colaboração e engajamento necessários entre as áreas para promover as mudanças exigidas para uma transformação digital.

Para promover uma alfabetização digital, seguem 5 hábitos altamente efetivos e que você enquanto RH pode iniciar em sua empresa:

  1. Assumir que a transformação digital diz respeito a uma transformação humana: James Lowey, CIO da TGen, diz que um dos maiores desafios em torno da transformação de um negócio é manter a força de trabalho atualizada com as habilidades atuais necessárias para participar dessa mudança.
  2. Ter uma abordagem centrada no cliente: o foco no comportamento e preferências dos clientes é tido como o principal motor de transformação digital, segundo o relatório, mas menos da metade das empresas pesquisadas investe na compreensão de comportamento dos clientes digitais.
  3. Criar novas equipes: para fugir da escassez de conhecimento, novos skills e perfis digitais serão necessários, para desenvolver produtos e serviços de fato focados na experiência do cliente.
  4. Promover a colaboração à medida que a tecnologia é implantada: funcionários passam de uma engrenagem na máquina organizacional, para um contribuinte mais informado. O contato com outros profissionais e áreas é uma excelente oportunidade de trocar experiências e gerar de conhecimento.
  5. Adotar o modelo de operação de uma startup: à medida em que grandes organizações se unem com startups, grupos com diferentes perfis, cultura e comportamento podem começar a criar silos de informação. Essas paredes precisam ser quebradas e a comunicação entre as equipes potencializada.


Perceba que existem diversas ações a serem tomadas - para que a transformação digital no RH e em toda a organização aconteça sem dificuldades. Para começar o processo na sua área, fale com a Benner. Será um prazer ajudar sua empresa a realizar sua transformação digital!

rh_benner_cta

Comente