Compliance Jurídico

Tabela de honorários advocatícios: como gerir seus credenciados?

5 de Abril de 2016 | por Equipe Benner

Manter uma boa relação com os credenciados é fundamental para obter mais qualidade nos serviços, confiança e trabalhar em parceria com os escritórios terceirizados. E controlar adequadamente a tabela de honorários advocatícios para fazer o pagamento certo e sem discussão, é parte crucial para fortalecer essa relação.


Se na sua empresa é difícil controlar adequadamente as movimentações de saída de verba do setor jurídico para pagamentos dos honorários jurídicos ou apurar com acuracidade o trabalho realizado pelos escritórios terceirizados, você tem um problema! Mas o mais importante a saber aqui é que você também pode ter a solução!


Manter com precisão a gestão da verba da área jurídica, o pagamento dos terceirizados e evitar custos extras no departamento será possível com um software jurídico que atende também a gestão dos escritórios credenciados. Mesmo com um crescente volume de peças processuais e diversos escritórios de advocacia envolvidos nas tarefas do departamento jurídico.


Com uma solução especializada em organização jurídica, sua empresa poderá estabelecer um controle operacional das atividades dos credenciados, com registro do andamento dos processos e estratégias de defesa das causas ajuizadas. Além disso, será possível facilitar o acesso às informações por meio da automatização dos processos com workflopropiciando governança corporativa e otimizando a comunicação entre a área jurídica e os credenciados. Essa fluidez evita desencontro de informações, economiza tempo e gera mais engajamento entre os times envolvidos.


Essa gestão e acompanhamento mais exato dos trabalhos dos escritórios terceirizados, além de trazer mais exatidão à tabela de honorários advocatícios  dos credenciados, também permitirá que sua empresa trabalhe com indicadores para medir a performance de atendimento deles. Tais como:


  • Qualidade das peças processuais;
  • Taxa de encerramento dos processos;
  • Cumprimento de prazos;
  • Desempenho em audiências;
  • Êxitos em relação ao número de processos;
  • Êxitos com valores menores que a provisão;
  • Acordos com valores menores que a provisão.

Métricas como essas podem ser grandes aliadas da organização jurídica na sua empresa, podendo ser utilizadas na remuneração dos escritórios parceiros. Elas possibilitam que o departamento jurídico tenha controle e previsibilidade financeira antes mesmo da nota fiscal ser emitida pelo escritório. Além disso, sua empresa pode até formular um ranking de desempenho entre os credenciados com os quais atua, para avaliar as relações que “valem a pena” ser mantidas - e as precisam ser reavaliadas!


Identificar os escritórios credenciados mais alinhados ao perfil da sua empresa e fortalecer esse relacionamento por meio de transparência e total controle da tabela de honorários advocatícios é crucial para alcançar melhores resultados no departamento jurídico. E a melhoria aqui vale para os dois lados dessa relação, por isso, busque uma solução tecnológica que permita esse acompanhamento e bom trabalho!

cta_benner_juridico_ti_horizontal

Comente