Compliance Jurídico

Saiba o que um software de gestão jurídica e controle de processos faz

22 de Março de 2016 | por Equipe Benner

Certamente, você já viu na mídia notícias relativas a processos e condenações de empresas pela Justiça. Como por exemplo: Cade pede que 11 empresas sejam condenadas por formação de cartel internacional de energia ou Empresas de ônibus são condenadas em R$ 539 mil pela Justiça do Trabalho. Cabe ao departamento jurídico das empresas trabalhar para evitar ou conduzir situações como essas, onde a empresa é chamada aos tribunais. Dentre outras atribuições, esse departamento também deve prestar toda a assessoria jurídica na confecção e negociação de contratos. E conforme aumenta o tamanho da empresa, aumenta também o volume e a complexidade do trabalho dessa área.


Sendo peça absolutamente necessária e fundamental nas empresas e trabalhando lado a lado com as demais áreas, o departamento jurídico precisar contar com usoftware de gestão jurídica robusto e moderno para dar ao time produtividade e excelência em sua operação. Confira por quê!


Todos os contratos firmados por qualquer área da empresa, como Financeiro ou TI, devem ser submetidos ao departamento jurídico, que a partir de informações legais e avaliação dos riscos contribui para zelar pelos negócios realizados. Essa área tem ainda a função de manter esses contratos e seus aditivos atualizados e muito bem armazenados. Nesse processo de gestão dos contratos da empresa, o software imprime eficiência ao padronizar e controlar as versões e históricos de aprovação. Além disso, uma ferramenta especializada traz um controle mais efetivo de dados relevantes, tais como validade, prazos e renovações.


Nesse sentido, trabalhar com um software jurídico facilmente customizável por meio de workflow se torna um diferencial para a área, que administra sem complicação todas as etapas pelas quais esses documentos devem passar até sua formalização.


Por mais que as empresas trabalhem de forma proativa e com os devidos cuidados, a demanda de processos é crescente, refletindo diretamente na gestão do contencioso de massa. Esse é um grande desafio dos departamentos jurídicos, por isso, o software jurídico que faz a integração com softwares de gestão empresarial (ERP) automatiza o tratamento de informações de folha de pagamento, por exemplo, fornecendo bases sólidas para que os advogados possam atuar nas causas com mais segurança. Além de propiciar um gerenciamento detalhado da provisão dos custos desse contencioso.


Outra característica muito comum no setor é as empresas trabalharem em parceria com escritórios terceirizados, gerando a necessidade de estabelecer um controle operacional das atividades sob a responsabilidade dos credenciados. Além de acompanhar a performance desses escritórios para identificar, por exemplo, os que alcançam mais êxitos nas ações em que atuam. Um software jurídico propicia a integração de todos esses escritórios credenciados,  fornecendo ao departamento jurídico da empresa todas as informações sobre os processos, como prazos, estratégias de defesa e resultados.


Integrar os departamentos jurídicos das filiais de outros países é mais uma tarefa para a qual o software jurídico é imprescindível. É necessário vincular todas as filiais ao mesmo sistema de organização jurídica e contábil da empresa respeitando diferentes culturas organizacionais. Um software de gestão jurídica faz a integração das informações dos departamentos jurídicos, favorecendo compliance com as diretrizes estratégicas da companhia. Outro ponto importante é a possibilidade de se fazer comparativos da situação da empresa nas suas diferentes filiais, como o desempenho em audiências, por exemplo. Além de dispor de dados que apoiam a implantação de medidas preventivas e de melhorias em procedimentos internos.


Essas são algumas das características de um software jurídico que permitem à sua empresa ter um olhar sobre tudo que acontece no âmbito jurídico, um controle de processo extremamente producente e informações operacionais e gerenciais para tomada de decisão, obtendo, entre outros benefícios:

  • Mais produtividade com menor custo;
  • Segurança e transparência no controle de processo e relacionamento com credenciados e filiais;
  • Acuracidade na gestão e provisão das despesas;
  • Solidez à estimativa dos custos;
  • Compliance com a governança corporativa.

Se o departamento jurídico da sua empresa não tem essas facilidades, realmente é hora de buscar um novo software de gestão jurídica. A grande vantagem é que já existe uma solução ideal para fazer esse upgrade na área! Fale conosco e conheça melhor a ferramenta que pode aprimorar (e muito!) o desempenho da área jurídica e torná-la ainda mais parceira da área de TI.

cta_benner_juridico_ti_horizontal

Comente