Você terceiriza as atividades do seu departamento jurídico? Já pensou em inovar as práticas de contratação para otimizar tempo e obter maior produtividade de trabalho? Provavelmente sua resposta será sim e você não é o único a pensar dessa forma. Exatamente por este motivo muitas empresas utilizam-se de estratégias de negócio para adquirir serviços que busquem novas maneiras de aumentar o desempenho na organização. O processo de terceirização de serviços é um deles. Contudo, a tecnologia tem causado disruptura em todos os departamentos proporcionando recursos que facilitem ainda mais o trabalho e otimizem tempo dos funcionários para maior produtividade e maior competitividade no mercado. 

Neste ano, o Brasil perdeu seis posições no ranking das economias mais competitivas do mundo, caindo para a 81ª colocação, segundo dados publicados pelo portal de notícias G1. Embora não seja um resultado desejado, é preciso considerar que a crise é uma oportunidade para as organizações se reinventarem e inovar faz parte de sair da zona de conforto e aplicar novas práticas de negócio, como o Business Process Outsourcing (BPO) uma estratégia de negócio extremamente relevante no mercado atual que aumenta a produtividade das empresas. 

A solução é mais difundida do que o modelo tradicional de terceirização, pois é um modelo de contratação, considerado como uma ferramenta estratégica de serviços específicos para o funcionamento da empresa.  É uma solução segura para pequenas, médias e grandes empresas, que descomplica fluxos e integra os processos. Este novo modelo é conhecido também como Process Legal Outsourcing (LPO) que envolve a transferência do trabalho de profissionais jurídicos para outras empresas.

O objetivo é contemporizar as atividades consideradas corriqueiras ou especialistas para liberar os advogados e gestores para atuar na estratégia e gestão dos processos, mantendo cadastros, relatórios e atividades acessórias, mapeadas em um processo de negócio sob a responsabilidade do fornecedor.

O outsourcing está crescendo cada vez mais na popularidade, pois tem como foco minimizar custos, aumentar a flexibilidade e expandir suas potencialidades.

Vantagens da prática outsourcing:

  1.  Redução de custos: uma das vantagens mais significativas da terceirização de funções jurídicas é a redução de custos. As organizações podem reduzir seus gastos por meio da mão de obra especializada;
  2. Execução de tarefas específicas e complexas: é possível gerar relatórios personalizados e formulários;
  3. Conhecimento de nichos: terceirizar o trabalho legal para fornecedores externos permite que as organizações acessem talentos de alto nível e conhecimentos de nicho que não existem dentro da empresa;
  4. Agilidade: o uso de colaboradores terceirizados pode reduzir o tempo de trabalho para projetos jurídicos mais urgentes. A praticidade também permite que a organização conclua um projeto em um prazo mais curto;
  5. Aumento de competitividade: a redução de custos, além da terceirização de um processo, permite que o empresário foque no seu negócio e ofereça um serviço mais competitivo.
  6. Foco no core business: Libera o advogado para tratar da estratégia da companhia deixando as demais atividades gerenciadas por equipe dedicada.
  7. Diminuição do risco: A garantia de cumprimento e conclusão dos processos de negócio envolvidos no LPO são atreladas a um contrato com penalidades acordadas com o fornecedor.

 

Estou pronto para utilizar outsourcing no meu departamento jurídico?

As empresas exigem do seu departamento jurídico cada vez maior participação nas decisões e no planejamento estratégico da organização. Por isso, contar com alternativas que liberem o time de atividades que podem ser delegadas, para atuar de forma pró-ativa e que agregadora de novos resultados é fundamental. Cabe ao gestor de TI apoiar a área jurídica na busca do BPO jurídico ideal. Afinal, essas demandas podem travar o crescimento sustentável da empresa se não forem alinhadas à medidas eficazes. Por isso, recorrer a soluções tecnológicas como o BPO jurídico, pode ser o melhor meio para reduzir custos e aumentar a produtividade. A implementação de ferramentas tecnológicas, padronizando processos durante a execução do projeto, ajuda a simplificar, colaborar e adaptar-se constantemente aos desafios do futuro.

 Com o outsourcing no setor jurídico é possível:

  •  Controlar a gestão;
  • Fazer um check list de todas as atividades envolvidas nos processos;
  • Formalizar e validar comprovantes de reembolso referentes à prestação de serviços de assessorias jurídicas externas;
  • Mapear papéis e responsabilidades em um sistema de gestão jurídica;
  • Gerenciar equipe, escritórios e os processos de maneira unificada.

A solução BPO & Outsourcing proporciona com eficácia a redução de custos operacionais e de tempo de controle e gestão, oferecendo às empresas mais condições e qualidade para cuidar de seus negócios. É uma ferramenta estratégica que permite à empresa a possibilidade de manter o foco no seu core business, ou seja, no ponto forte de uma empresa que deve ser trabalhado estrategicamente e, ao mesmo tempo, consiga melhorar a qualidade, aumentar a produtividade ou reduzir custos com serviços.

Investir nessa solução é permitir que a organização automatize, alavanque os processos operacionais e gerencie todos os processos do departamento jurídico, reduzindo, dessa forma, riscos operacionais. Além disso, há possibilidade de manipular a solução de maneira uniforme, onde é possível incluir novos módulos e processos permitindo, sempre, o crescimento e aprimorando o trabalho. Se uma empresa quer chegar a este resultado e garantir a competitividade, precisa contar com a tecnologia como a sua melhor aliada. 

cta_benner_juridico_ti_horizontal