Segundo informações do Portal do eSocial, as empresas têm até 28 de fevereiro para enviar as informações cadastrais dos empregados e seus respectivos cargos. Esse também é o prazo para realizar a qualificação cadastral dos funcionários.

E esta questão está preocupando as empresas, por conta da maneira que estes dados estão sendo enviados. . Falta qualidade na maioria dos cadastros das informações dos funcionários , além de pequenos erros - como a troca do nome do pai ou data de nascimento - que podem gerar conflitos no sistema do governo.

Sua empresa já fez uma verificação dos dados cadastrais para o envio? Isso é muito importante para garantir o cumprimento das exigências do eSocial. Para evitar problemas, acompanhe as dicas deste artigo!

Entenda a importância da qualificação cadastral no eSocial


As empresas precisam cuidar da qualificação cadastral dos seus funcionários, sob pena de não conseguir atender às exigências e prazos do eSocial. São muitas as situações onde são identificadas divergências nas informações dos colaboradores em relação aos dados registrados nos sistemas governamentais.

As organizações que possuem funcionários com cadastros incompletos no PIS - Programa de Integração Social, por exemplo, podem ter dificuldades para enviar a declaração no período correto. Isso porque as informações são confrontadas com a base de Cadastro da Pessoa Fìsica (CPF) e a base do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Logo, quando ocorre algum conflito é necessário fazer os ajustes.

Em uma situação como essa, é essencial que o setor de RH oriente o funcionário a se dirigir à Caixa Econômica Federal e atualizar o cadastro. Muitas vezes, erros simples na digitação do próprio nome ou de familiares podem dificultar a inclusão do colaborador na base de dados do eSocial.

O processo é tão simples quanto a natureza dos erros, porém, ele precisa ser realizado com urgência para que a empresa não perca os prazos estabelecidos. Esse gargalo pode gerar atrasos no envio das informações trabalhistas, previdenciárias e tributárias e o respectivo pagamento dos valores devidos.
Faltam poucos dias para o prazo limite estabelecido!

 

Como agilizar a qualificação dos dados cadastrais dos seus funcionários

Para evitar multas e notificações à empresa, é essencial que o empregador tenha cuidado com a consistência dos dados cadastrais dos funcionários. Portanto, é recomendável fazer a comparação entre as informações apresentadas no CPF e no CNIS. Caso haja alguma divergência, é necessário fazer a atualização antes de enviar os dados ao eSocial.

O portal do eSocial disponibiliza um link para acesso de todas as informações dos funcionários, como data de nascimento, nome completo e CPF. Ao observar inconsistências, procure corrigir o erro o mais rápido possível para garantir o cumprimento do prazo do envio das declarações.

Essa consulta pode ser realizada:

  • Manualmente, com o envio de dados de até 10 funcionários;
  • Em lote, com envio de arquivos em formato texto (TXT), em leiaute específico.

As informações são processadas pelos órgãos governamentais em um prazo de até 48 horas.

Não corra o risco de descumprir as exigências do e-Social! Faça a regularização das informações cadastrais o quanto antes e evite multas.
Tem dúvidas sobre como deixar sua empresa pronta para o eSocial? Deixe seu comentário para que possamos ajudá-lo!

rh_benner_cta