• Vendas +55 (11) 2109.8500
  • Solicite contato
  • Suporte
    ERP Corporativo (47) 3321-1330
    Logística TMS (47) 3321-1301
    Logística WMS (47) 3321-1311
    Turismo (47) 3321-1332
    Jurídico (47) 3321-1326
    RH (47) 3321-1340
    Saúde (44) 2101-0800
  • Área do cliente
  • Área do colaborador
Viagens Corporativas

Invista em inovação no turismo para se manter forte no mercado

3 de Julho de 2018 | por Equipe Benner

Qualquer empresa, para sobreviver, precisa ter a capacidade de se adaptar às mudanças do mercado. As inovações no turismo provocadas pela tecnologia influenciaram muito os negócios. Além disso, o avanço das agências online está impulsionando a mudança das agências de viagens tradicionais, em busca de renovação.

Para isso, a agência de viagens tradicional deve fortalecer sua estratégia de negócios. Principalmente, para atender bem as organizações que optam pela terceirização por meio de uma agência de viagens, ela deve assumir cada vez mais seu papel de consultoria, atuando como um parceiro estratégico.

Está surgindo uma nova geração de agências

Estão surgindo novos modelos de negócios e no mercado de turismo há uma grande renovação. Esse novo momento exige que as agências de viagens, mesmo que usem canais online, resgatem a origem do setor e invistam em personalização e proximidade de atendimento. Nesse aspecto, o papel do agente de viagem nunca foi tão importante. Se os gestores das agências investirem constantemente na atualização profissional da equipe, eles terão consultores qualificados.

Esses profissionais devidamente treinados e qualificados são capazes de oferecer, por meio de um atendimento mais consultivo, a viagem certa de acordo com os gostos e exigências de cada cliente. Esse é um dos principais diferenciais desses profissionais: certificarem-se de oferecer ao seu cliente uma experiência inesquecível que se encaixa perfeitamente no seu perfil.

Além disso, o atendimento deve mesclar o contato humano e pessoal, com as modernas tecnologias. Um exemplo é a mudança em agências de viagem tradicionais que já aderiram à tendência das lojas-conceito, uma forma de o consumidor experimentar seus produtos de forma interativa.

Essas lojas repaginaram seu interior, oferecendo ambiente moderno e acolhedor. Em geral, oferecem telas com tecnologia touch ou óculos de realidade virtual, com produtos e serviços que combinam com os desejos dos consumidores. Trata-se de uma inovação no turismo. O intuito é disponibilizar novas facilidades, como interior aconchegante, cheiros e sons, espaço para reuniões, entre outros, além das telas interativas que facilitam a escolha do destino de férias.

As tendências que apontam a modernização da tradição

Acompanhar o ritmo acelerado dessas mudanças não é fácil, mas é fundamental para ajustar as estratégias e definir os melhores caminhos. Não param de surgir, a cada dia, novos aplicativos, sites e redes sociais para grupos específicos, com ofertas personalizadas. Assim, o empresário de sucesso deve estar disposto a resolver problemas e criar soluções. Com boa visão de mercado, ele pode criar uma brecha para satisfazer um público que não está sendo atendido em suas necessidades.

Veja, a seguir, as oito tendências que estão influenciando o setor de turismo esse ano:

#1 Experiência turística

Viajantes no mundo todo buscam experiências e vivências autênticas em cada destino. Mas, na prática, poucas empresas oferecem algo diferente, que pode marcar uma viagem e torná-la inesquecível. Há muito espaço para operadoras, agências de viagens e agências receptivas agregarem valor aos seus serviços com experiências turísticas.

#2 Realidade virtual

Impacta diretamente na tomada de decisão, em diferentes etapas da jornada do turismo. Tanto na inspiração, para escolha do destino de férias, como no planejamento, na compra e, até mesmo, durante a viagem. Diferentes modelos de negócios estão aproveitando esta tecnologia para influenciar viajantes. O custo dessa ferramenta está cada vez mais acessível e pode se encaixar no orçamento das pequenas empresas.

#3 Agências de viagens online (OTAs) expandem atuação

A Booking.com já incorporou casas e apartamentos, seguindo Airbnb e HomeAway. Agora também começou comercializar voos, trens, locação de carro e táxi. Por outro lado, o Airbnb, que já vinha comercializando experiências nos principais destinos turísticos do mundo, informou que pretende oferecer voos, atuando mais como agência de viagens online. Em função disso, as outras OTAs (Online Travel Agencies) começaram a se mexer.

#4 ChatBots

A automação do atendimento ao cliente via chatbots para dar respostas instantâneas aos clientes continuará forte em 2018. Será, inclusive, acessível às pequenas empresas.

#5 Mudanças no fluxo de turistas

O crescimento enorme dos fluxos de turistas asiáticos já provocou mudanças no turismo em 2017 e deve acentuá-las em 2018. No ano passado, dos dez destinos turísticos mais visitados no mundo, seis são asiáticos. Também no Brasil, essa tendência tem aumentado. Eles não são óbvios, ao contrário, muitos são exóticos e o papel do consultor de viagens torna-se ainda mais relevante nestas situações.

#6 Foco nas gerações Y e Z

Os millennials, ou geração Y, já viajam bastante, inclusive a trabalho. São bleisures, ou seja, misturam lazer a uma viagem de negócios. Vivem conectados e apreciam características locais dos destinos. A geração Z, composta pelos jovens que nasceram a partir de 2000, está atingindo a maioridade em 2018. Para eles, viajar é um estilo de vida, fidelização é algo completamente desconhecido e a tecnologia é imprescindível em todas as etapas da viagem.

#7 Reputação online ganha mais peso

O que outros viajantes falam sobre um destino ou uma marca é muito mais importante que publicidade. As postagens nas redes sociais, depoimentos e comentários que os viajantes fazem online são extremamente importantes para a tomada de decisão de outros consumidores.

#8 Staycation

Mistura as palavras stay e vacation, e significa que muitos consumidores estão optando por destinos e experiências próximos de casa. Essa tendência ainda é pouco conhecida no Brasil, mas já se observam esses movimentos nos EUA e Europa. São boas escapadas para fins de semana e feriados e fazem muito sentido principalmente para quem vive nas grandes cidades.

Já deu para perceber que, sem renovação, inclusive com adoção de ferramentas de tecnologia, fica difícil crescer no mercado? Por isso, é fundamental investir em canais online de atendimento e sistemas de gestão automatizados para fortalecer seus processos. Além de crescer, vão ajudar a reduzir os custos.

 viagem_corporativa_ benner

Comente