Compliance Jurídico

Gestão do jurídico está em boas mãos com software especialista

29 de Julho de 2016 | por Equipe Benner

Você, como responsável pela TI (Tecnologia da Informação) da sua empresa, tem receio de contratar um software de mercado para a gestão do departamento jurídico porque não sabe como será a integração com outras ferramentas já utilizadas nem o nível de segurança das informações? Fique tranquilo! Seguindo algumas precauções, você terá a garantia de estar fazendo a melhor escolha.


Quem é da área de TI sabe bem as vantagens alcançadas quando há a correta integração entre diferentes ferramentas. A integração acelera processos, evita erros, retrabalho e provê informações estratégicas para a evolução e sustentação dos negócios. No entanto, uma integração mal feita, executada por um fornecedor que não tem expertise ou comprometimento com os resultados, pode ser um tiro no pé.


Então, ao buscar o parceiro certo para prover a solução adequada e as integrações necessárias, você deve ficar atento a aspectos cruciais do sistema e do fornecedor, tais como:

 


# Fornecedor com conhecimento de gestão da área jurídica

Conhecimento do mercado, time dedicado, suporte e consultoria são fundamentais para a implantação e integração de um software para gestão do departamento jurídico. Em primeiro lugar, o fornecedor deve compreender as necessidades desta área e ter comprovada experiência em grandes projetos, com histórico de boas práticas e cases de sucesso neste campo de atuação.

Oferecer atendimento com equipe própria, que dispense a atuação de terceiros, garantindo um real compromisso com o projeto e com um conhecimento mais aprofundado das particularidades e necessidades da gestão jurídica também é um diferencial. Uma consultoria especializada deve apresentar flexibilidade de ofertas com adaptações para atender às necessidades específicas da sua empresa, diagnóstico, manutenção e implementação dos serviços com atendimento personalizado e pontos de controle específicos.

 

# Software com alta tecnologia para integração e suporte aos processos

O sistema deve controlar todo o processo da área jurídica de forma eletrônica, desde a captura, gestão de pedidos, provisões, fluxos de workflow automáticos, alertas e controle de despesas. Procure um software jurídico que permita integração às demais aplicações da companhia, como o ERP (software de gestão). A solução deve viabilizar a integração do departamento jurídico com ás áreas de Recursos Humanos, Financeira e Contábil, para tornar o processo muito mais assertivo e produtivo. Uma estrutura de sistema baseada em workflow permite ainda a automatização e o monitoramento das tarefas, além de facilitar customizações evitar erros, esquecimento e retrabalho.

Atender a itens essenciais de segurança, tanto no que se refere à confiabilidade dos dados e disponibilidade de acesso, além de estar em conformidade com as regras de Compliance tais como SOX (Lei Sarbanes- Oxley), Basiléia, eSocial, Bacen (Banco Central), entre outras, também precisa estar na lista de requisitos indispensáveis.


Um fornecedor especializado em software para gestão do departamento jurídico, que tem expertise neste mercado, propicia integrações inteligentes com outras áreas da empresa (ID#1) e com outros sistemas internos com os quais sua empresa já trabalha é fundamental para agilizar as atividades da área e potencializar os resultados.


Então coloque seus receios de lado e busque um parceiro que fale a “língua do jurídico” e a traduza a partir de um software que seja flexível e de fácil parametrização para apoiar os processos críticos deste setor.

A Benner quer ajudá-lo neste desafio. Conheça mais sobre a nossa solução especializada na área jurídica!

cta_benner_juridico_ti_horizontal

Comente