Compliance Jurídico

Case: como a Atento integrou o departamento jurídico de 4 países

9 de Outubro de 2015 | por Equipe Benner

São inúmeros os desafios para promover a integração das áreas que dão assessoria jurídica em uma mesma empresa e que estejam alocadas em países diferentes. Imagine só a complexidade que envolve essa mudança. É necessário uma solução que seja multilíngue, favoreça a gestão de informações e ainda leve em conta as legislações específicas vigentes.

Ainda assim, não deve deixar de lado a gestão de custo, que precisa contemplar os diferentes câmbios e suas cotações. Outro fator relevante também é a necessidade de integração com as diretrizes de SOX (como também é conhecida a Lei Sarbanes-Oxley, assinada nos EUA, em 2002, e que visa garantir a criação de mecanismos de segurança nas empresas).

O sistema de gestão integrado, adotado pela Atento, também dispõe de soluções de Business Intelligence, BPO Jurídico e fácil integração com o SAP. Abaixo trazemos alguns dos resultados percebidos pela empresa, após a contratação dessa solução:

A implantação de uma plataforma internacional que suprisse as necessidades desse cenário foi possível graças à contratação de um software de gestão adequado, capaz de atender as operações — e suas complexidades — das áreas jurídicas de 4 países: Brasil, Argentina, México e Espanha.

A solução informatizou e automatizou o processo e possibilitou uma gestão baseada em workflow, garantindo maior efetividade no acompanhamento dos custos e melhor controle dos escritórios credenciados. 

Esses e outros desafios não foram empecilhos para a Atento Brasil, que se dispuseram a encontrar soluções que promovessem a centralização de informações diante desse cenário, para favorecer a gestão estratégica do departamento jurídico.

A empresa de Contact Center, BPO  (sigla para Business Process Outsourcing ou, em português, Terceirização de Processos do Negócio) e atendimento ao cliente atua em 16 países e dispõe de 160 centrais de atendimento em todo o mundo, empregando cerca de 150 mil funcionários. São atendidas mais de 500 empresas de todos os portes e segmentos, distribuídas em 3 continentes.

Mais eficiência na gestão das provisões: a partir da implantação de software de gestão integrada foi possível acompanhar com mais assertividade a atuação dos integrantes do seu time e as atividades dos escritórios credenciados. As informações centralizadas colaboram nas provisões dos custos e na gestão do contencioso, conferindo à empresa mais exatidão na previsibilidade financeira.

Maior integração entre os departamentos: a centralização das informações — antes, encarada como uma tarefa árdua, em função dos desafios do idioma, moeda e legislação, etc. — possibilitou um olhar estratégico sobre toda a área. Esse ajuste agilizou a troca de informações para mensurar com mais precisão a qualidade das peças processuais e o cumprimento dos procedimentos.

Ganho de performance a partir da adoção de soluções de BPO: eliminando certas tarefas da rotina (como organização de agendas, revisão de datas de contrato, etc) e delegando-as ao software de gestão, foi possível dar mais prioridade às atividades estratégicas com foco em resultado, a partir da análise de dados que eram entregues pela solução tecnológica.

Uma dessas questões, por exemplo, era direcionar soluções para defesas de causas trabalhistas, as quais numa corporação deste tamanho e com o número de empregados tende a ter um volume considerável de ações.

É válido ressaltar, no entanto, que esse ganho de performance foi percebido a partir da automatização do processo, um recurso da ferramenta que assume a responsabilidade de determinar qual atividade deve ser executada pelo colaborador, eximindo dele esse papel de controle e fazendo-o concentrar naquilo que é sua capacidade técnica: o conhecimento jurídico.

Estabelecimento de indicadores para gestão estratégica: outra conquista percebida a partir da informatização e automação do processo foi o estabelecimento de indicadores que avaliem, com eficácia, todas as tarefas executadas pelos departamentos em cada um dos países. Entre esses pontos, destaca-se a medição da agilidade do serviço de revisão contratual e o impacto gerado a partir de ações preventivas (com a implantação de melhorias de procedimentos internos).

Outro benefício conquistado foi uma avaliação mais completa da performance do escritório jurídico terceirizado, a partir de análises que contemplem o cumprimento de prazo, a disponibilidade e acessibilidade dos credenciados, a qualidade dos relatórios e até medir desempenho em audiências. Com todos esses dados à disposição, a ferramenta tecnológica garantiu mais tempo aos gestores para definição de metas com foco em resultados.

Que esses pontos possam inspirá-lo a dar mais eficiência à sua gestão organizacional, aumentando a competitividade e garantindo ganhos de produtividade para o seu departamento jurídico, onde quer que ele atue.

 

cta_benner_juridico_ti_horizontal

Comente