Compliance Jurídico

AUTOMATIZE A GESTÃO JURÍDICA PARA MELHORAR A PERFORMANCE DA SUA EQUIPE

31 de Maio de 2016 | por Equipe Benner

A tecnologia se tornou uma grande aliada para quem atua na gestão jurídica. Com um grande volume de afazeres, prazos, audiências e reuniões para serem lembrados, os softwares jurídicos que auxiliam na rotina se tornaram imprescindíveis para a profissão, deixando os departamentos jurídicos mais ágeis, além de proporcionarem maior eficiência na prestação de serviços.


Entre as vantagens de um processo de automatização bem realizado, pode-se destacar: organização de rotinas de trabalho, economia de tempo ao evitar tarefas repetitivas, ter conhecimento sobre quem está trabalhando e no que, encontrar a petição certa para utilizar como modelo e não precisar começar tudo do zero, evitar problemas de comunicação com a equipe e os clientes e economizar com a redução de custos de operação.


Pode ser que você já esteja convencido de que a adoção de um software jurídico pode, de fato, transformar o dia a dia e trazer muitas melhorias, seja para a organização do departamento, seja para a qualidade dos trabalhos. Porém, não sabe ainda qual escolher e como diante das diversas opções disponíveis no mercado.

Pensando nisso, confira abaixo dicas do que avaliar quando você for escolher um sistema jurídico de automatização para os processos do seu departamento:

#1 Pense bem em quais são os processos que quer automatizar

Antes de contratar uma solução jurídica, é preciso pensar nos motivos pelo qual quer fazer isso: o que você quer mudar com esse sistema jurídico no departamento? Será apenas a sistemática de controle de processos? Ou quer controle de produtividade dos advogados? Por que quer automatizar essa tarefa? Qual é o benefício prático? Qual é a relação investimento versus benefício? Com essas perguntas respondidas, você já pode começar a escolher a solução.


#2 Escolha um software que ofereça controle e gestão dos dados

O ideal é optar por um software jurídico que automatize os processos com o uso de ferramentas de workflow, tais como aprovação de contratos, agenda de compromissos do departamento e atividades dos credenciados. Além disso, uma ferramenta especializada faz um controle mais efetivo de dados relevantes, como validade, prazos e renovações. 

cta_benner_juridico_ti_horizontal


#3 Opte por uma solução especializada nos fluxos de trabalho do departamento

Em um processo automatizado, o sistema jurídico informa (via workflow) o fluxo de tarefas que precisam ser realizadas, bem como as pendências e seus responsáveis. Então, se o prazo para o término de um contrato está acabando, por exemplo, o sistema alerta sobre a data, informa com quem está a última versão e quais são os próximos passos a serem dados. Dessa forma, nenhum detalhe é esquecido, ampliando a eficiência da equipe e o controle dos gestores sobre cada procedimento.


#4 Veja se o sistema permite fazer projeção do custo dos processos

O software jurídico ideal permite que haja um controle exato do custo de cada processo, apurando os resultados por meio de relatórios gráficos. Além disso, as despesas administrativas também são monitoradas no detalhe, como de cópias, autenticações, viagens, entre outros. Vale ressaltar que esse controle vai permear todas as atividades do departamento e refletir em menor custo.


A grande vantagem é que já existe uma solução ideal para fazer esse upgrade no seu departamento! Entre em contato com a Benner e descubra qual é a melhor ferramenta para reduzir custos, otimizar a equipe e melhorar a performance da área jurídica da sua empresa!

Comente