O mercado, cada vez mais competitivo, vem recorrendo aos serviços de BPO (Business Process Outsourcing), ou seja, aos benefícios da terceirização. Esses serviços aumentam a produtividade, diminuem os gastos e permitem que a empresa foque em seu core business. No departamento jurídico, as empresas exigem cada vez maior participação nas decisões e no planejamento estratégico da organização.

É preciso contar com alternativas que liberem o time de atividades que podem ser delegadas, para atuar de forma proativa. A melhor delas é adotar soluções tecnológicas como o BPO Jurídico, como forma de reduzir os custos e aumentar a produtividade. A implementação de ferramentas tecnológicas, que padronizam processos durante a execução do projeto, ajuda a simplificar, colaborar e adaptar-se constantemente aos desafios do futuro. Veja as vantagens de investir em BPO Jurídico.

Por que integrar o departamento com BPO jurídico?

De acordo com um relatório publicado pela IDC, nesse ano os investimentos em soluções em cloud na América Latina crescerão 40%. Já a Frost & Sullivan aponta que a receita nesse setor foi de US$ 1,8 bilhão em 2017, com projeção de US$ 7,4 bilhões até 2022 e um crescimento acumulado de ano sobre ano (CAGR) de 31,9%. Isso significa que as empresas estão investindo consistentemente em ferramentas para agilizar seus processos.

A solução de BPO (Business Process Outsourcing) é uma ferramenta estratégica de serviços específicos para o funcionamento da empresa. É uma solução segura para pequenas, médias e grandes empresas que simplifica fluxos e integra os processos.

No caso do BPO jurídico, é um conjunto de soluções que automatizam os procedimentos da área, reúnem informações sobre a continuidade e desdobramentos dos processos. Isso facilita e reduz o esforço necessário dos profissionais para controlar as demandas, os prazos de resposta e os riscos envolvidos.

Com um software de gestão jurídica e serviços legais, criam-se condições para que os advogados avaliem o cenário completo, treinem e orientem os departamentos mais críticos, antes mesmo que um processo seja iniciado. Além disso, é possível às empresas a divisão das atividades operacionais que não integram diretamente seu negócio, permitindo total controle sobre o trabalho dos escritórios parceiros.

Com o outsourcing no setor jurídico é possível:

  1. Controlar a gestão,
  2. Fazer um checklist de todas as atividades envolvidas no processo,
  3. Formalizar e validar comprovantes de reembolso referentes à prestação de serviços de assessorias jurídicas externas,
  4. Mapear papéis e responsabilidades em um sistema de gestão jurídica,
  5. Gerenciar equipe, escritórios e os processos de maneira unificada


Por isso, contar com um software de BPO jurídico pode alavancar a produtividade e performance do departamento.

Apresentada de forma modular, a solução pode ser composta por software, serviços, infraestrutura e ambientes físicos. Todas as tarefas de processos e infraestrutura (servidores, backup, links de acesso, estações de trabalho, instalações físicas, telefonia e materiais de consumo) podem ser implementadas pelo fornecedor da solução.

A terceirização, por sua vez, pode ser aplicada com baixo impacto operacional. Com isso, possibilita a continuidade dos serviços do departamento jurídico e pode ser implantada nas áreas de pré-cadastro, digitalização, levantamento de subsídios de defesa, gerenciamento, pré-encerramento e encerramento de processos judiciais.

A automação do departamento jurídico é importante e traz segurança para diversos processos, como por exemplo:

 

Benefícios da terceirização

Um destaque em relação ao outsourcing é que o processo de terceirização não se limita apenas a ser um redutor de custos para a empresa. O BPO visa também outros benefícios. Veja seis deles:

  1. Melhoria contínua nos processos da empresa,
  2. Modernização e especialização dos processos,
  3. Compartilhamento dos riscos operacionais,
  4. Níveis de serviço (SLA) pré-definidos em contrato,
  5. Aumento de flexibilidade e capacidade de atendimento ao aumento da demanda,
  6. A transformação de custos fixos em variáveis


Cases de sucesso com integração do BPO Jurídico

A Atento Brasil, empresa de Contact Center, adotou a gestão jurídica baseada em Workflow, Gestão Financeira dos Processos, Gestão dos Escritórios de Terceiros, Business Intelligence, BPO Jurídico e Integração com o SAP.

O projeto consistiu na implantação unificada de uma plataforma internacional para atender operações da empresa no Brasil, Argentina, México e Espanha. Isso incluiu a gestão dos processos jurídicos e dos escritórios terceiros, diminuição do risco operacional, gestão das provisões além da integração com o sistema financeiro do SAP. 

Diferenciais da solução BPO Jurídico

Esses são diferenciais importantes da solução de terceirização BPO Jurídico. Ao adotar um software de gestão especializado na área jurídica, será possível a integração de todos os seus escritórios credenciados.

Sua empresa irá dispor de acesso a todos os documentos processuais, licitações e contratos, e fará a gestão do fluxo financeiro de cada escritório. Sua controladoria poderá administrar adiantamentos e reembolso de despesas, bem como calcular os honorários e controlar a realização dos pagamentos com mais exatidão.

Uma solução especializada ainda garante a padronização dos procedimentos e rotinas, trazendo maior agilidade e eficiência na interação com os escritórios terceirizados.

Essa padronização permite a identificação dos melhores escritórios em desempenho. Com base em premissas como tempo de resposta, flexibilidade, confiabilidade e disponibilidade, você aumenta a produtividade dos escritórios e aumenta a eficiência do seu departamento.

Além disso, é possível medir a performance de seus credenciados por meio de alguns indicadores, que incluem o percentual de êxito em processos e a reversão de provisão para o caixa da empresa. É preciso avaliar também os percentuais de acordos e de economia nos acordos realizados nos processos. Outro indicador importante é o atendimento nos prazos.

Ter controle total sobre os processos, prazos e custos, eleva a performance da equipe e a maturidade de gestão da área, elevando o departamento jurídico ao nível estratégico na corporação.

A adoção de tecnologia atua como uma alavanca que impulsiona os resultados da área, fundamentando as ações em dados seguros, com visibilidade total das atividades. Isso permite uma atuação proativa e preventiva, que impacta diretamente na redução de custos do departamento.

Ao procurar um fornecedor, escolha um que tenha expertise no assunto, a confiança do mercado, números e análises que confirmem os resultados. Depois compare a diferença entre a contratação de um prestador de serviços e a compra de um software de BPO Jurídico.

New Call-to-action