Compliance Jurídico

Área jurídica e o desafio da performance dos escritórios credenciados

9 de Outubro de 2015 | por Equipe Benner

Estabelecer metas de desempenho é um excelente mecanismo para equilibrar as expectativas das partes envolvidas em uma relação. Por meio de indicadores, fica alinhado o que é importante e prioritário frente aos objetivos do negócio. Na relação entre a área jurídica da sua empresa e os escritórios de advocacia credenciados por ela, não é diferente.

Primeiro você precisa de um software de gestão especializado na área jurídica. A tecnologia vai permitir a integração de todos os seus escritórios credenciados. Sua empresa irá dispor de acesso a todos os documentos processuais, licitações e contratos, e fará a gestão do fluxo financeiro de cada escritório. Sua controladoria poderá administrar adiantamentos e reembolso de despesas, assim como calcular os honorários e controlar a realização dos pagamentos com muita acuracidade.

Uma solução especializada ainda garante a padronização dos procedimentos e rotinas, trazendo maior agilidade e eficiência na interação com os escritórios terceirizadosAgora, é hora de saber que, para criar um relacionamento estratégico entre a empresa e os escritórios de advocacia, seu departamento jurídico pode - e  deve! lançar mão de indicadores de desempenho para profissionalizar essa relação.

Como fazer?

Essa padronização permite a identificação dos melhores escritórios em desempenho. Com base em premissas como tempo de resposta, flexibilidade, confiabilidade e disponibilidade, você  aumenta a produtividade dos escritórios e aumenta a eficiência do seu departamento.

Confira alguns indicadores que sua empresa pode aplicar para medir a performance de seus credenciados:

# Percentual de êxito em processos.

# Reversão de provisão para o caixa da empresa.

# Percentual de acordos em ações de menor complexidade.

# Percentual de economia nos acordos realizados nos processos.

# Atendimento de prazos.

Um dos pontos mais interessantes na utilização de indicadores de desempenho, é que eles podem ser utilizados também para orientar a forma de remuneração dos escritórios. Por exemplo, o escritório pode ter como parte de sua remuneração, valores referentes ao êxito das ações, ou mesmo referente a ações que sofrem condenação com valor menor que a previsão de perda futura informada inicialmente. Ou, no caso do não cumprimento de prazos ou etapas do processo, também pode haver desconto no valor a pagar ao credenciado.

Indicadores de performance avaliados regularmente tornam os escritórios credenciados grandes aliados das estratégias da sua empresa. Conte com soluções tecnológicas especializadas para fazer terceirização porém, mantendo o controle e medindo o desempenho de cada fornecedor.

Melhor o desempenho do departamento jurídico da sau empresa. Baixe ebook grátis e saiba mais.

Comente