Falhas humanas podem custar entre 1 e 8% do valor da folha de pagamento, segundo a Associação Americana de Pagamentos (“The American Payroll Association”). Essas falhas são geradoras de passivos trabalhistas e segundo dados do Tribunal Superior do Trabalho (TST) obtidos pelo G1, o número de processos trabalhistas no Brasil aumentou 12,3% no ano de 2015, em relação a 2014. Esse crescimento impacta diretamente o planejamento das companhias, pois dificulta o alcance de bons resultados.


Uma ótima opção para evitar esse alto índice de falhas manuais é trabalhar com um software de recursos humanos, que automatiza os processos operacionais e apresenta um ganho em produtividade para a empresa. Porém, optar por um sistema de RH que não seja adequado às necessidades da organização, pode transformar o que seria uma grande melhoria de processos, em uma tremenda dor de cabeça.


Quanto mais automatizado o processo de administração de pessoas, menores as possibilidades de erros. Para minimizar falhas humanas é importante que uma companhia invista em um software de RH confiável, que atenda suas necessidades e automatize ao máximo seus processos com exatidão.


Confira os cinco principais motivos para você, gestor de RH, investir num software de recursos humanos!


1) Garantir o alinhamento das metas aos objetivos estratégicos

Todas as companhias traçam seus objetivos de desempenho e para garantir o alcance das metas, o sistema de RH precisa ser aliado ao propósito da empresa. Por meio do acesso aos dados estratégicos, será possível ao profissional de RH, recrutar os talentos que sejam mais compatíveis às diretrizes da companhia. Conforme cita Paulo Paiva (especialista em gestão de pessoas),  recrutar profissionais com valores compatíveis com os da empresa, é fundamental, pois facilita a adaptação à cultura organizacional. Além disso, quem já é colaborador da empresa, terá acesso às suas metas, seu desempenho e seu histórico de avaliações. possibilitando buscar o alcance de objetivos pessoais e acompanhar seu próprio desenvolvimento na organização.


2) Melhorar a colaboração dentro da organização

Com um software de RH integrado, é possível disponibilizar aos colaboradores acesso às suas informações pessoais, e possibilitar a atualização constantes, como por exemplo,  formação acadêmica e cursos extras. Outras atividades contidas no sistema de RH podem ser compartilhadas com os colaboradores e gestores, como solicitação de férias e antecipação de 13º salário, por exemplo. Partilhar essas atividades operacionais entre RH, gestor e colaborador, reduz a sobrecarga operacional da área de recursos humanos e, possibilita uma atuação mais estratégica.


3) Obter análises em tempo real para tomada de decisão

Em um mercado tão inconstante, cheio de novas práticas e diferentes gerações, muitas decisões precisam ser tomadas rapidamente. Para embasar decisões, o gestor precisará de informações atualizadas e exatas, de forma rápida e de fácil visualização. Em situações em que um gerente precisará reduzir seu quadro de colaboradores, por exemplo, informações sobre o histórico do desempenho individual de seu time poderá auxiliar na tomada de decisão. Um software de RH confiável, também pode ser aliado quando o assunto é o controle de férias de uma equipe. Quanto mais acessíveis as informações sobre o período aquisitivo de férias de seus colaboradores, com mais antecedência e critérios o gestor fará a programação, por exemplo.


4) Identificar talentos

Manter informações como competências, desempenho e histórico de avaliações dos colaboradores atualizadas no software de recursos humanos da companhia tem se mostrado um grande aliado quando o assunto é o preenchimento de posições estratégicas com colaboradores internos. A partir dessas informações, a área de recursos humanos poderá, junto aos gestores, optar pelos profissionais melhores qualificados da companhia e com perfil mais adequado às oportunidades disponíveis. Para que o crescimento aconteça, seja vertical ou horizontalmente, é necessário haver um processo transparente de monitoramento de resultados, conforme cita Vanessa Scheer. Ela referencia também que, essas oportunidades de desenvolvimento, serão fundamentais para o processo de retenção de talentos e, reforça a necessidade de que as novas oportunidades proporcionem desafios aos colaboradores.


5) Melhorar a eficiência dos processos de RH

Quando um sistema de RH é adquirido, os objetivos são melhorar os processos, reduzir falhas e aumentar a produtividade da área de recursos humanos. Para alcançar essas metas, uma empresa deve adquirir um software confiável e de qualidade, que atenda a legislação vigente e, administre os processos da área com agilidade, segurança de informações e sem incidência de erros. Um softwareI que consiga atender essas características, irá aumentar a eficiência da área de RH, proporcionando ao setor a possibilidade de atuar estrategicamente, com acesso rápido à informações de seus colaboradores. Não conferir manualmente todo o processo de folha de pagamento, possibilitará ao profissional demandar esse tempo buscando novas parcerias e convênios para motivar os colaboradores e reter talentos, por exemplo.


Devido à grande concorrência do mercado hoje, as empresas precisam se reinventar para continuarem competitivas. Além de novas soluções em produtos e serviços, uma organização precisa modernizar a forma como seus profissionais são administrados. Investir em um software, como por exemplo, o da Benner Gestão de Recursos Humanos adequado às necessidades da empresa, é um ponto de partida para que ela continue trabalhando competitivamente, facilitando o alcance dos objetivos traçados.


Com esta solução adequada, os profissionais da área de RH podem dedicar-se às atuações estratégicas, com a certeza de que o software utilizado atenderá as necessidades operacionais.

New Call-to-action