Segurança de informação é um assunto bem delicado em nossa empresa e tira o sono de qualquer CIO. No passado, durante a implantação do novo sistema de gestão, os dados foram expostos e esse foi apenas o começo da crise de imagem que tivemos. Então, qual a melhor maneira de me certificar que a nova empresa fornecedora de soluções de TI possui os requisitos de segurança necessários para blindar a reputação da nossa organização e em quem podemos confiar?


Na hora de escolher o melhor fornecedor com a melhor solução, questões como Governança de TI, compliance, integridade dos dados são primordiais. Considerando uma área altamente regulada como o jurídico, o fornecedor deve garantir que a solução siga todos os padrões de segurança, tanto no que se refere à confiabilidade dos dados e disponibilidade de acesso, quanto a estar em conformidade com as regras que regulam a atuação das empresas, como SOX (Lei Sarbanes-Oxley), Basiléia, eSocial, entre outras.


Veja o que você, CIO, precisa considerar para encontrar uma empresa de confiança e garantir a segurança em TI:

 


Flexibilidade: é preciso buscar no mercado o software que melhor entende o setor jurídico e que se adapte também à realidade da empresa. À partir de uma equipe especializada, o fornecedor deve ter a flexibilidade de moldar soluções de acordo com a necessidade da sua organização. Para garantir mais flexibilidade, deve possuir a estrutura de sistema baseada em workflow para automatização de processos e monitoramento e redirecionamento de tarefas, viabilizando customizações e adequações às mudanças na área.

Integração: se os seus processos jurídicos não estiverem configurados em uma plataforma integrada, todo o fluxo adequado ao seu bom andamento vai sofrer interrupções, erros e retrabalhos. Um fornecedor especializado em software para gestão do departamento jurídico, que tem expertise neste mercado, propicia integrações inteligentes com outras áreas da empresa e com outros sistemas internos com os quais sua empresa já trabalha, garantindo uma competente Governança de TI.

Atendimento: oferecer atendimento com equipe própria, que dispense a atuação de terceiros, de acordo com as necessidades da sua empresa, diagnóstico, manutenção e implementação dos serviços e pontos de controle específicos também é um diferencial a ser considerado. O atendimento deve ser ágil para responder rapidamente à qualquer eventual problema que possa afetar a segurança e credibilidade das informações.

Experiência: o fornecedor deve compreender as necessidades da área jurídica e ter comprovada experiência em grandes projetos, com histórico de boas práticas e cases de sucesso neste campo de atuação. Desta forma, o CIO garante que o parceiro tenha um real compromisso com o projeto e com um conhecimento mais aprofundado das particularidades e necessidades no que se refere à segurança em TI na gestão jurídica.

Conhecimento do mercado, time dedicado, suporte e consultoria são requisitos fundamentais na seleção do software para gestão do departamento jurídico para garantir mais segurança para a operação da sua empresa.

Confira os cases de sucesso da Benner com projetos construídos em parceria com grandes corporações e garanta os mesmos padrões de Governança e de segurança em TI para a sua empresa. 

cta_benner_juridico_ti_horizontal