A gestão de benefícios sempre teve importância nas empresas, tanto pelo impacto para os funcionários, quanto para a organização. E em tempos de instabilidade econômica, o assunto ganha ainda mais relevância, por conta da representatividade financeira que os benefícios trazem para as comporações.

No cenário econômico atual, a área de RH (Recursos Humanos) não escapa das cobranças para fazer mais com menos, e certamente é uma das primeiras a avaliar as contas a pagar.

A composição dos benefícios disponibilizados aos colaboradores é um ponto crucial para a satisfação dos mesmos e tem forte influência na retenção de talentos. Por isso, além das questões legais e sindicais que envolvem o tema, os benefícios ajudam na redução de custos com turnover e no aumento da motivação e produtividade. Logo, não podem simplesmente ser suspensos.

Será então que a alternativa que resta ao RH é propor o desligamento de funcionários para redução de custos?

Quando se fala do benefício de assistência médica, muitas empresas promovem campanhas de conscientização e prevenção. Com palestras e semanas dedicadas a saúde, além de programas para o sedentarismo e tabagismo, por exemplo, elas buscam reduzir a necessidade de tratamentos e consultas médicas. Dessa forma, além de aumentar a qualidade de vida dos funcionários, ela pode reduzir seus custos com as operadoras.

Mas existem outros benefícios, como transporte e refeição, que precisam de um controle bastante rigoroso quanto à sua utilização. Isso porque disponibilizar esses benefícios no volume exato, pode trazer uma grande economia para sua empresa.

Por exemplo, uma empresa que tem 900 funcionários. Se o custo mensal da empresa com vale-transporte é de R$150,00 por colaborador, e se 600 funcionários optarem pelo benefício, o custo total com o benefício no mês será de R$90.000,00.

Mas como fica o impacto do absenteísmo aqui? É sabido que ele existe e que, por mais que as empresas busquem baixar esse índice, ele é uma realidade. Como o benefício é calculado pelos dias de trabalho, no caso de faltas, por exemplo, poderia ser gerado um saldo, certo? Estudos afirmam que um controle efetivo pode trazer uma redução na casa dos 20%.

Você pode estar pensando que, fazer esse controle, dedicando funcionários do RH - de uma equipe que na maioria das empresas já é bastante enxuta, pode não ser tão vantajoso assim. Está certo, se você pensar em cadastrar os funcionários e elaborar manualmente planilhas eletrônicas com os dados das faltas, férias, feriados e demais dias, de cada colaborador, mensalmente. E, de posse destas planilhas preenchidas e cheias de fórmulas, chegar ao saldo e aos números de compra para repassar às operadoras.

É nesse ponto que queremos lhe ajudar. Com uma solução tecnológica especializada e integrada, você pode obter esses dados em um clique!

Os dados vindos da folha de pagamento impactam na tomada de decisão da sua empresa. Então, quando seu sistema de gestão integra folha, férias, ponto e benefícios, você pode contar com informações estratégicas que vão ajudar a direcionar o futuro, com economia do presente!

Com a gestão integrada do RH, as informações do ponto refletem na folha, portanto, dias de afastamento ou faltas, entram no controle de saldo acumulado, gerando o automaticamente o desconto na próxima compra.

Você lembra que falamos acima sobre a satisfação do colaborador vinculadas aos benefícios? Pois bem, essa gestão integrada também reflete as programações do ponto. Se, por exemplo, forem programadas horas extras para o colaborador, em sendo cabível o benefício, ele também é gerado automaticamente na folha de pagamento.

Como temos muita tradição no desenvolvimento de software para gestão de pessoas, estivemos mais uma vez presentes no Conarh 2017. No blog do evento, o artigo O futuro já começou, a autora Ana Karla Cantarelli diz que “O futuro chegou e com ele os desafios de, mais uma vez, reinventar... Não será mais possível continuar nos modelos vigentes. Por um único motivo: ele não atende mais ao que as pessoas desejam, as organizações precisam e o mundo pede.”.

Como sua empresa está se preparando para o futuro? A Benner quer ser sua parceira e tem a solução sob medida para sua empresa. Fale conosco!

New Call-to-action