Nos últimos anos, o Brasil vem passando por momentos difíceis, com altos e baixos na política e consequentes quedas na economia do país. O mercado vem se mostrando instável e, cheio de incertezas para os administradores de empresas. As estimativas para o mercado financeiro no Brasil em 2017 são melhores que nos dois anos anteriores, porém ainda não suficientes para acalmar ânimos de empresários e investidores da área de Logística.


Uma reportagem divulgada pelo G1, anuncia que a estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) recuou de 4,80% para 4,71% e, mesmo estando acima da meta central de inflação (4,5%), está abaixo do teto estipulado para 2017 (6%). Além disso, a mesma reportagem estima que a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país é de 0,5%. Já para 2018, as perspectivas são melhores! Especialistas prevêem crescimento forte e inflação controlada.


Dados obtidos pelo Boletim Focus, composto pela expectativa de cerca de 100 analistas, mostram que no terceiro trimestre de 2017 o Brasil irá avançar cerca de 1,10% em comparação com o mesmo período de 2016. E no último período do ano o número deve aumentar para 1,87%. Esses números apontam que, após a recessão de 2016, o país verá a inflação mais controlada e o PIB em crescimento, com uma projeção de crescimento de 2,30%, com possibilidades desse número aumentar ainda mais!


Contando com esse cenário, sua empresa precisa estar preparada para o fim da recessão e o aumento da procura e das possibilidades de negócios na área de Logística!


Mario Cortella, professor universitário e filósofo brasileiro, em uma de suas falas, diz que "O seu cliente, o seu consumidor, tem de ficar satisfeito. Mas você jamais pode ficar satisfeito." Essa fala reflete claramente que o “sempre foi assim e sempre deu certo” nem sempre é o melhor caminho a ser seguido.



Para acompanhar as nuances do mercado, a área de Logística precisa estar atenta e pronta para adaptar-se à tendência da Logística no mercado para continuar competitiva. É a capacidade de adaptação à novas tendências que impulsiona uma empresa ao sucesso e crescimento.


Em 2017, três tendências para a área de Logística estão sendo bastante comentadas e, serão essenciais para mais um ano turbulento na área financeira, porém preparatório para um 2018 melhor!

Logística reversa

Logística reversa é a área da logística que trata do retorno de produtos, embalagens ou outros materiais desde o consumidor até o local de origem. Um exemplo simples de logística reversa são as garrafas retornáveis, por exemplo. O maior desenvolvimento da logística reversa, está relacionado à questões ambientais e à necessidade de reutilização e reciclagem de materiais.


Além das questões legais relacionadas ao meio ambiente, as indústrias tornam-se cada vez mais conscientes. Além de seu impacto ambiental, o conceito de logística reversa vem crescendo por meio das compras on-line. Por não visualizar fisicamente o produto comprado, muitas vezes o consumidor não se sente satisfeito com o que recebe em sua casa e, opta por acionar sistemas de troca e/ou devoluções de mercadoria.


Para esse cliente, é importante que o processo de devolução aconteça sem maiores dores de cabeça e com agilidade! Fique atento ao blog! Logo você vai ler mais sobre esse assunto!

cta-horizontal-benner-logistica-p3


Canais de distribuição

A distribuição refere-se à movimentação física de um produto e, o canal é o intermediário para a distribuição. Por exemplo: quando solicitar que um restaurante entregue sua refeição onde você estiver, normalmente o canal de distribuição da refeição será o motoboy, certo? Pense em outras situações em que você comprou um produto e imagine quantas possibilidades de distribuição são possíveis!


E não pense que os canais de distribuição estão relacionados apenas ao consumidor final!


Suprir comércios e indústrias com produtos ou matérias primas, também é uma responsabilidade da área de logística e, poder ser utilizados distintos canais de distribuição para esse fim. Se até o momento você ainda não havia imaginado a importância de lidar e conhecer diferentes canais de distribuição para sua transportadora, certamente nesse momento você está pensando em como essa tendência da Logística pode facilitar seus negócios, não é mesmo? Esse é um assunto importante, e em breve falaremos mais dele no blog!


Investimento em tecnologia

Você que está acompanhando o blog com certeza já percebeu como a tecnologia está presente e quão diferenciada é para a área de Logística. Além de facilitar o cumprimentos das obrigações legais, como emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico, a tecnologia também auxilia nas melhorias de processos e o alcance de bons indicadores logísticos e resultados para sua empresa.


Tendência presente em muitos segmentos, na Logística de Transporte a tecnologia está cada vez mais em alta e, vem sendo responsável por facilitar e melhorar processos. Com a Patrus Transportes Urgentes o resultado do investimento em tecnologia foi muito efetivo, como comenta Manuel Landeiro, Gerente de TI da Transportadora: “Procuramos a Benner com o objetivo de desenvolver um projeto em conjunto, integrando as soluções TMS e Corporativo em uma única plataforma. O projeto, apesar das dificuldades inerentes ao uso de novas tecnologias, resultou no desenvolvimento da nova solução TMS Benner que superou as nossas expectativas.”.

Acompanhe a tendência da Logística para melhor se desenvolver e manter-se competitivo em novas negociações, proporcionando a ampliação de suas parcerias, de sua área de atuação e o aumento de novos clientes.